Técnica FUE

Técnica FUE de Transplante Capilar
O que é a Técnica FUE?

FUE (Folicular Unit Extraction) é uma técnica inovadora de transplante capilar, minimamente invasiva, sem necessidade de internação e com um tempo de recuperação bastante curto.

A técnica consiste em extrair manualmente as unidades foliculares fio a fio diretamente da área doadora do couro cabeludo (laterais e posteriores da cabeça e nuca principalmente) através de instrumentos milimétricos que possuem bordas cilíndricas cortantes (micro motos).

Após o corte, as unidades foliculares são retiradas do couro cabeludo com o auxílio de pinças extremamente delicadas, recolocando-as na zona calva, sem deixar cicatrizes visíveis. Estas pequenas lesões são minúsculas, por isso uma das vantagens do método FUE é que a cicatrização é extremamente rápida e não há a necessidade de pontos no local. Cicatrizes também são evitadas.

Nossa clínica na Turquia preza para alcançar o maior número de folículos para o transplante. O objetivo é realizar um transplante capilar bem sucedido já na primeira sessão. As condições de cada paciente são individuais e neste momento, a situação de parte doadora é muito determinante alcançar o máximo de folículos.

Procedimento do transplante dos fios

Após a retirada da área doadora as unidades foliculares, o fio de cabelo e suas famílias foliculares serão armazenadas sob soro fisiológico resfriado a 4°c graus abaixo de zero. Em seguidas, os fios são transplantados na área calva com uma lâmina de 0,5 mm, agulhas especiais ou pinças de microcirurgias.

Esses instrumentos delicados são importantes para naturalidade e densidade.

O procedimento é feito com lupas cirúrgicas, pois as estruturas são pequenas e delicadas – quanto menor o furo para colocar os enxertos, menor será a cicatriz residual. Consequentemente, a cicatriz não ficará evidente a olho nu. Além disso, o método permite transplantar vários enxertos por 2cm.

Os fios são transplantados, um a um, na linha pilosa frontal, proporcionando naturalidade seguida dos fios seguintes onde desejamos mais volume.

Os cabelos e seus respectivos folículos pilosos são respeitados, ou seja, o transplante não lesa os folículos já existentes.

Como os folículos são da própria pessoa, não há rejeição do organismo.

É impossível a utilização de folículos de um doador, pois eles morreriam com o tempo.

A grande maioria dos enxertos integra e se desenvolve, caso a cirurgia seja realizada por equipes treinadas e feita com os equipamentos adequados.

A técnica entrega cabelos enraizados em 10-20 dias. Depois da segunda ou terceira semana, estes cabelos vão caindo.

Dependendo do caso, pode não cair também. Mas em geral 70% ou 80% dos cabelos transplantados caem neste período. Nos primeiros dois meses, pode ter a sensação que não irão nascer cabelos depois de quedas.

Já no terceiro mês, já começa nascer os novos fios. No sexto mês, 70% dos cabelos transplantados irão ficar visíveis, podendo alcançar entre 80%- 90% de visibilidade no oitavo mês. O resultado completo aparece no final de um ano. No caso dos homens, os cabelos transplantados não caem mais.

Ficou interessado em todas essas vantagens? Então entre em contato com a gente!

Nós somos uma agência de turismo receptivo e organizamos a sua sonhada cirurgia de transplante capilar. Cuidamos da sua viagem e de todos os procedimentos necessários!

Para fazer uma avaliação, entre em contato com nosso escritório através dos seguintes

Whats apps: (11) 96042-9034 ou ( 11) 94373 3434

Para atendimento via e-mail, basta enviar sua solicitação em nosso endereço:

turquiasaude@gmail.com

Técnico FUT não é mais usado. Faz 15 anos que na Turquia ninguém mais opera FUT.

As diferenças de FUE são melhores.

Veja o post de Passos para fazer o transplante capilar.

Não tem corte, nem costura, nem dor nem cicatriz!

Nos envie as fotos em turquiasaude@gmail.com

Lâmina de Safira é uma nova etapa na abertura de canais para início de transplante capilar. Com esta facilidade, o paciente não vê os ferimentos devido abertura de fundos.

No caso de nossa clínica é usada por cada paciente um novo equipamento. Algumas clínicas utilizam a mesma lâmina após de esterilização mas nós preferimos utilizar por cada cirurgia apenas um instrumento devido estraga de afiação de cada safira.

– Implante

O implante é um material artificialmente elaborado que é inserido ou enxertado em uma estrutura orgânica e que passa a fazer parte integrante dela.

São exemplos de implante: prótese dentária, prótese de silicone etc.

A palavra implante de cabelos somente estaria correta caso estivesse se referindo ao implante de fios sintéticos.

– Transplante

O transplante capilar é um procedimento de risco mínimo e muito seguro.

Complicações significativas são extremamente raras. Alguns pacientes referem-se a uma “tensão” na área doadora entre um ou dois dias. Neste caso, o médico irá prescrever um analgésico para aliviar a sensação.

A cicatriz da área doadora devido à retirada da pele doadora é habitualmente bem estreita e pode ser facilmente escondida pelo cabelo circundante.

Os locais enxertados na área receptora frontal evoluem sem deixar cicatrizes visíveis e são cobertas pelo cabelo transplantado.

Em alguns pacientes um inchaço maior ou menor pode ocorrer na testa, nos primeiros dias, mas não deve causar preocupação, pois desaparece pouco tempo depois com o uso de compressas frias ou geladas.

Alguns pacientes referem uma pequena área de dormência acima da incisão doadora e na área central do couro cabeludo por alguns meses. Não existe perda de sensibilidade, se ocorrer, será momentânea.

Pequenas crostas se formam sobre cada enxerto. Elas podem ser camufladas pelo cabelo pré-existente penteado sobre elas.

Mesmo após da cirurgia,  o ponto que o paciente irá sentir será a anestesia local que demorará por algumas semanas.

O cabelo transplantado parece crescer, mas logo se desprende do couro cabeludo; as raízes, porém, permanecem em estado dormente por 03 meses, quando então os novos cabelos começam a crescer.

Pequenas inflamações podem ocorrer ocasionalmente ao redor de um folículo recentemente transplantado e são semelhantes a um pelo encravado ou espinha. Habitualmente regridem espontaneamente ou com o uso de compressas quentes. Caso persista, o médico com uso adequado de instrumentos esterilizados auxilia o nascimento do pelo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *